Categoria: Notícias

 

ACATMAR firma mais uma parceria internacional para desenvolvimento do setor náutico

A Associação Náutica Brasileira (ACATMAR) firmou mais um acordo internacional para fomentar ainda mais as atividades voltadas à economia do mar do país. Desta vez, foi firmada parceria junto à espanhola Associação Galega de Atividades Náuticas (AGAN+), com o objetivo de estratégias conjuntas, ações de promoção e marketing, a implantação de novas tecnologias, inovações e ações de mercado.

Tudo envolvido em uma troca de conhecimento e experiências para avançar ainda mais este setor no Brasil. “A ideia é desenvolver um modelo de estratégia para transformar o território num destino náutico cultural e analisar possíveis rotas e linhas de financiamento de novos projetos, por meio de fundos europeus ou nacionais de cada um dos países signatários. Queremos que nossos empresários possam ter novas oportunidades de expansão de negócios além de realizar visitas técnicas e encontros B2B”, afirma Michele Castilho, diretora da ACATMAR, informando que esta prevista uma reunião em outubro junto ao governo espanhol.
Nos últimos anos, a entidade já fez acordos com outras associações, como a UCINA e a ASSONÁUTICA, ambas Italianas, cuja aproximação já rendeu fóruns, feiras internacionais e um acordo inédito para edições do Projeto Limpeza dos Mares, reconhecido em todo o Brasil, e agora realizado lá na Itália, nos mesmos moldes daqui. “Essas parcerias visam fortalecer o setor em todo o país. Um exemplo é a união entre empresas brasileiras e estrangeiras na construção de um setor cada vez mais próspero, gerando emprego e renda”, afirma Michele.
A AGAN+ é referência em seu país neste segmento. Criada em 1999, reúne empresas de turismo náutico, estaleiros e marinas. Desde 2005 tem participado dos principais projetos europeus de desenvolvimento e implementação de novos produtos e inovações.
Sua atuação é reconhecida com colaboração junto às regiões náuticas atlânticas da França, Irlanda, Reino Unido e Portugal. “Acreditamos que a cooperação é a principal ferramenta para desenvolver atividades e criar destinos náuticos competitivos, além de empresas sustentáveis e em pé de igualdade com as melhores do mundo”, afirma o presidente Jose Manuel Fernández Gómez. “Esperamos criar com o Brasil e o resto da América Latina uma nova via de mão dupla, onde o conhecimento e o suporte na sua aplicação são a força para novas oportunidades”, completa.

Fonte:https://www.nautica.com.br/

48ª Semana de Vela de Ilhabela

Esta semana começa o maior evento da vela no Brasil. Se não o maior, o mais badalado…

Amanhã (16/7/21) começam as regatas de monotipos e no dia 24 as regatas de oceano. Ainda dá tempo!

Segue a programação para a semana que vem, das regatas de oceano.

DIA 24

20h – Abertura da 48ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela, no espaço Vila (Museu Waldemar Belisário)


DIA 25

11h – Desfile dos Veleiros na Vila

12h10 – Largada Alcatrazes

12h20 – Largada Toque-Toque

12h30 – Largada Renato Frankenthal

DIA 28

20h – Premiação das Regatas de Alcatrazes, Toque-Toque e Renato Frankenthal – No Espaço Vila (Museu Waldemar Belisário)


DIA 30

20h – Premiação do Brasileiro de C30 – Espaço Vila


DIA 31

20h – Premiação da 48ª Semana de Vela e Encerramento – espaço Vila

52ª Regata Volta à Ilha de Santa Catarina acontece neste sábado (12)

Largada acontece às 10h, em frente a Sede Central do Veleiros da Ilha. Percurso tem 75 milhas náuticas e previsão para o sábado é excelente

Realizada desde 1969, a Regata Volta à Ilha de Santa Catarina, evento mais tradicional da vela oceânica catarinense, chega a sua 52ª edição em 2020 e promete reunir um bom número de embarcações neste sábado (12), data do evento. A largada acontece às 10h, em frente a Sede Central do Veleiros da Ilha e dá início a jornada de 75 milhas náuticas ao redor da Ilha.

O percurso inteiro tem aproximadamente 120 quilômetros e é feito sempre na direção ao Sul da Ilha. Para este sábado, a previsão é bem interessante, apontando para ventos do quadrante leste/nordeste em um dia de sol. As disputas para a 52ª Regata Volta à Ilha são abertas para as classes ORC, IRC, C30, RGS A, RGS B, RGS Cruzeiro, Bico de Proa e Multicascos.

20ª Regata Ilha do Largo:

Além da 52ª Regata Volta à Ilha de Santa Catarina, neste sábado ocorre a 20ª Regata Ilha do Largo, destinada aos barcos de menor porte, como HPE-25, Bico de Proa B, RGS C e RGS Cruzeiro B. A largada ocorre no mesmo horário, mas o percurso para as tripulações é mais curto.

Os veleiros contornam a Ilha do Largo, próximo ao Ribeirão da Ilha, sentido norte, passando entre os vãos centrais das pontes Colombo Salles, Pedro Ivo Campos e Hercílio Luz. Depois, seguem até a Ilha de Ratones Pequeno, próximo à Ponta de Sambaqui, encerrando a regata em frente ao Forte de Sant´Ana.

Reunião de Comandantes:

Nesta quarta-feira (8), acontece a Reunião de Comandantes, a partir das 19h00, na Sede Central do Veleiros da Ilha. A intenção é apresentar as novidades para essa edição e passar todas as instruções da regata aos tripulantes e Comandantes.

A 52ª Regata Volta à Ilha de Santa Catarina faz parte do PROJETO CALENDÁRIO NÁUTICO 2019/2020- Cidade de Florianópolis – ANO 4 – Nº SLIE: 1813953-12 – Processo nº 58000.005543/2018-31, e conta com os patrocínios das empresas ENGIE Energia, Nortox, Diprape, Casas D’Agua, Bry Tecnologia e ainda do patrocinador pessoa física Sr. Umberto Gobbato.

Encontrado o local do tesouro do restaurador de veleiros

Publicado em por SailBrasil

Andando pelas lojas de venda de produtos náuticos na região de San Isidro – Buenos Aires – Argentina, a procura de uma capa para meu Raymarine ST60, me indicaram um brechó, a Camou-Nautica (Endereço: España 1095 – 1642 – San Isidro – Tel: 4743-7205 – e-mail: camounautica@hotmail.com).

Fui para o local, uma casa que não chama a mínima atenção, na qual nunca teria parado não fosse o endereço em mãos, em uma rua pacata, onde existem uma série de velerias e pequenos estaleiros produzindo também pequenos veleiros.

Ao entrar; Choque! … A loja estava abarrotada de tudo o que você possa imaginar para reformar um veleiro, seja seu veleiro novo ou um clássico de madeira.

“Pedia a Deus que me salvasse”, conta argentino resgatado no mar de Santa Catarina – Diário Catarinense

e091e344-8577-454e-aa1b-47a767ad49e9

“Pedia a Deus que me salvasse”, conta argentino resgatado no mar de Santa Catarina – Diário Catarinense.

Estado assume protagonismo na organização da Volvo Ocean Race – Esporte – O Sol Diário

Volvo Ocean Race

Estado assume protagonismo na organização da Volvo Ocean Race – Esporte – O Sol Diário.

Atleta de três olimpíadas brilha em regata de abertura da Semana de Vela de Ilhabela

Atleta de três olimpíadas brilha em regata de abertura da Semana de Vela de Ilhabela.

Curiosidade útil: Pressão x Temperatura

Embora a leitura conjunta do barômetro e do termômetro permita acertar, com bastante freqüência, as condições do tempo, não se pode confiar integralmente nesta previsão.

Uma colaboração do cmte.  Antônio Joaquim Machado, de Porto Alegre, ao site do Popa.com.br, que resumimos em uma imagem para ilustrar…

pressaoxtemperatura

Motorista é multado por transportar lancha sem autorização em Porto Alegre

01/06/2016 – Caminhão com lancha está estacionado no cruzamento da Rua Santana com a Avenida Ipirangalanchaparada

Estacionado no cruzamento da Rua Santana com a Avenida Ipiranga, em Porto Alegre, um caminhão que transporta uma lancha aguarda por autorização da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) para poder seguir viagem até o Guarujá, em São Paulo. As informações são da Rádio Gaúcha.

A carga saiu do Clube Veleiros do Sul, na zona sul da Capital, com destino à cidade litorânea. O motorista foi autuado durante a madrugada, enquanto trafegava pela Avenida Ipiranga, por não possuir autorização para trafegar com a carga.

O veículo foi retido pela EPTC até a regularização, e deve voltar a circular a partir das 23h. Até lá, ficará aonde está. A saída de Porto Alegre será pela zona norte, provavelmente pela região do Porto Seco, passando pelas avenidas Ipiranga, Protásio Alves e Antônio de Carvalho.

O motorista terá que desviar de todos os viadutos e passarelas, já que a lancha não passaria por baixo de nenhuma das travessias. A altura do conjunto é de 5,23 metros. A EPTC fará escolta até a BR-290.

A multa aplicada por trafegar sem autorização é grave, de R$ 127,69 e gera cinco pontos na carteira do motorista.

A falta de rcursos deixa 46% da frota da Marinha brasileira paralisada | O Sul

A falta de rcursos deixa 46% da frota da Marinha brasileira paralisada | O SulMarinha do Brasil.